Salmo 27 - O que significa?


‘’O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida: de quem recearei?’’, assim começa o Salmo 27 da Bíblia, um salmo de fé, onde o David afirma a sua segurança em Deus.

Ao dizer essas palavras o rei da Israel demonstra a sua confiança inabalável no Senhor diante das ameaças dos seus inimigos, nos mostrando assim que quando estamos com Deus não devemos temer nada.

Pois, somente em Deus podemos depositar em qualquer circunstancia nossos medos, fraquezas, receios e incerteza, que estamos sujeitos nesse mundo. A fé no Senhor nos garante que ele nos liberta de todas as tribulações.

Assim, está perto de Deus, no centro de sua vontade, é estar entregue aos seus cuidados dele, sendo esse o melhor lugar para estar na hora das tribulações. Pois, se estamos passando por momentos difíceis temos a certeza que em Deus encontramos refúgio e proteção.

‘’Espera no Senhor e sê forte! Fortifique-se o teu coração e espera no Senhor’’, assim no último versículo do Salmo 27 Davi afirma que mesmo nos momentos difíceis é preciso esperar no Senhor, pois, somente ele é a nossa luz e salvação, por isso não devemos ter nenhum temor. 

Salmo 27

1. De Davi. O Senhor é minha luz e minha salvação, a quem temerei? O Senhor é o protetor de minha vida, de quem terei medo?

2. Quando os malvados me atacam para me devorar vivo, são eles, meus adversários e inimigos, que resvalam e caem.

3. Se todo um exército se acampar contra mim, não temerá meu coração. Se se travar contra mim uma batalha, mesmo assim terei confiança.

4. Uma só coisa peço ao Senhor e a peço incessantemente: é habitar na casa do Senhor todos os dias de minha vida, para admirar aí a beleza do Senhor e contemplar o seu santuário.

5. Assim, no dia mau ele me esconderá na sua tenda, ocultar-me-á no recôndito de seu tabernáculo, sobre um rochedo me erguerá.

6. Mas desde agora ele levanta a minha cabeça acima dos inimigos que me cercam; e oferecerei no tabernáculo sacrifícios de regozijo, com cantos e louvores ao Senhor.

7. Escutai, Senhor, a voz de minha oração, tende piedade de mim e ouvi-me.

8. Fala-vos meu coração, minha face vos busca; a vossa face, ó Senhor, eu a procuro.

9. Não escondais de mim vosso semblante, não afasteis com ira o vosso servo. Vós sois o meu amparo, não me rejeiteis. Nem me abandoneis, ó Deus, meu Salvador.

10. Se meu pai e minha mãe me abandonarem, o Senhor me acolherá.

11. Ensinai-me, Senhor, vosso caminho; por causa dos adversários, guiai-me pela senda reta.

12. Não me abandoneis à mercê dos inimigos, contra mim se ergueram violentos e falsos testemunhos.

13. Sei que verei os benefícios do Senhor na terra dos vivos!

14. Espera no Senhor e sê forte! Fortifique-se o teu coração e espera no Senhor!